Voltar a Notícias

.......

A gestão de pessoas começa por você

 

Aline Gomes

 


 

Resultados e gestão de pessoas é uma fórmula que dá certo, mas saber dosar cada uma das variáveis é o grande desafio do líder.


Foco apenas em resultados, faz o time entrar no piloto automático, gera pressão sem entendimento, cria desmotivação e falta de significado. A equipe não sente reconhecimento, aprendizado e fazendo parte da construção dos resultados.


Líderes que pensam somente em resultados e se esquecem das pessoas e podem ser vistos em alguns momentos como frios, insensíveis, egoístas que podem pensar em demasia no negócio e esquecer que estes são feitos por pessoas. Por outro lado, foco total nas pessoas, nas suas necessidades e problemas pode ser arriscado, pois o gestor ouve as diversas opiniões, aceita regras serem quebradas, prazos sempre negociados, baixa performance, entendendo sua equipe mas perdendo em foco, processo, ritmo e entrega.


Líderes que pensam somente nas pessoas e se esquecem dos entregáveis pode perder a força com sua equipe, ser visto como bonzinho, perdendo autoridade e respeito.


Mas então, como gerar um equilíbrio oferecendo um ganha-ganha com um bom papel de gestor?


Existem muitas formas: motivar, ouvir, conhecer sua equipe, construir objetivos Smart, criar indicadores, ser um líder participativo e outras tantas questões. Mas gostaria de propor algo para reflexão: Quer ser um bom líder com ótima gestão equilibrando resultados e pessoas? Então, comece a gestão por você.


Para gerir uma equipe de forma eficaz com bons resultados é importante o autoconhecimento. Gestores que se conhecem, possuem mais clareza de seu papel, objetivos a seguir e conquistas a obter. Sabem gerir os recursos de maneira otimizada, contribuindo para o negócio, para o time e para si mesmo.


Como você pode motivar sua equipe se não conhece o que te motiva? Como reconhecer e entender o que pode fazer um colaborador cair em performance, se você não conhece suas crenças que limitam suas ações e comportamentos? Como apoiar no desenvolvimento profissional de seu time se você não sabe qual caminho seguir na sua carreira? Sócrates já dizia sabiamente: “Conhece a ti mesmo”.


O primeiro passo é entender os seus valores, crenças e motivações. Entender o que te motiva para agir e buscar seus objetivos pessoais e profissionais. Busque sua missão que faz todo o sentido de suas escolhas. Conhecendo seu propósito, pode direcionar outras pessoas a conhecer seu valor e as motivações que os direcionam em suas metas e sonhos.


Conheça seus pontos fortes e aqueles que precisam de desenvolvimento. Entenda as atitudes que possui que podem gerar oportunidades no mercado e riscos. Quando você tem entendimento de suas habilidades e competências pode minimizar os impactos negativos e potencializar um crescimento em determinado objetivo.


Saiba quem são os líderes que te inspiram. Veja o que vocês possuem em comum, incomum e aprenda com eles. Pense o que faria diferente com seu perfil e experiência.


Por último, escreva e determine suas metas e sonhos pessoais e profissionais. Você também como gestor possui uma carreira que precisa de desenvolvimento, crescimento e reconhecimento.


Com este rico material sobre você, crie um plano de desenvolvimento com atividades, ações e recursos que vão te guiar na jornada para sua evolução e conquista de metas. Coloque prazos, busque os parceiros que vão te inspirar, desafiar e fazer de você melhor que pode ser.


O gestor que possui autoconhecimento está ciente do quanto pode contribuir com o outro. Após todo este exercício consigo mesmo, exercite com sua equipe.


Entenda o que é importante para seus colaboradores, o que os motiva. Quais são as crenças que possuem e o impedem de crescer, bater metas. Saiba o que eles fazem bem, quais fortalezas e quais pontos que precisam de um plano de melhoria.


Mas uma dica importante: faça em conjunto com sua equipe, pois desta forma, gera sinergia e o colaborador se sente valorizado. Entende que existe alguém que pode contar para desenvolver, perguntar e respeitar. Com certeza, quando um erro ocorrer, vai aprender, gerar insights e comprometimento.


Comprometimento, por sua vez, gera foco e aumenta a motivação. O colaborador sente-se fazendo parte de um time que possui contribuição importante para o negócio. Passa a reconhecer seu papel nas atividades e projetos e entende que pode crescer na sua carreira. Consequência são os resultados com maior qualidade e engajamento.


A equipe será capaz de criar boas práticas e ser exemplo assim como você gestor que o orientou e guiou na jornada.


Segundo Fred Manske, o grande líder é aquele que está disposto a desenvolver as pessoas até o ponto em que elas eventualmente o ultrapassem em seu conhecimento e habilidade. Pense nisso e comece a gestão de pessoas por você.

 

Fonte: Rh Central

http://www.rhcentral.com.br/artigos/artigo.asp?cod_tema=3863


Copyright 2011-2012 - Todos os Direitos Reservados - Images by Free Digital Photos