Voltar a Notícias

.......

 

Por que é importante conhecer o Clima Organizacional da empresa?

Por Alberto Ruggiero para o RH.com.br 

 

Clima Organizacional, segundo a definição de Roberto Coda, doutor em Admiminstração de Empresas pela Universidade de São Paulo, é um estado psicológico fortemente afetado pelas condições existentes na empresa, tais como: sistemas, estruturas e estilo gerencial.

 

Portanto, faz muito mais sentido falar em dimensões de Clima Organizacional, já que, a exemplo do que acontece com a atmosfera, clima é o resultado de diferentes combinações dos seus elementos formadores.

 

A propriedade básica do Clima Organizacional é ser mutável. Também é relativamente maleável; logo, pode ser modificado através de ações gerenciais, políticas e sistêmicas. É ainda um conceito bastante influenciável por valores e normas grupais mais duradouros, ou seja, por uma outra noção também bastante popular e muito lembrada no mundo das organizações: a de Cultura Organizacional.

 

Mas por que vale a pena conhecer o Clima vigente numa organização? A grande aplicação é permitir ligar variáveis psicológicas às organizacionais através de como as pessoas avaliam recompensas e todas as diferentes formas de reconhecimento que estão recebendo pelas contribuições prestadas ao exercerem diferentes funções.

 

Uma prova da importância desse conceito é o fato de que a identificação do nível de satisfação dos empregados de uma organização é um dos critérios para concessão do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ) ou então para se concluir se uma determinada empresa é um local atrativo para se trabalhar ou desenvolver uma carreira. Além disso, como seria possível buscar mais qualidade e maior satisfação para os clientes externos da organização, havendo índices de insatisfação dos "clientes internos" dessa organização?


 

A avaliação do Clima Organizacional compreende sempre ações para transformá-lo. Aliás, se não for com esse propósito, melhor nem perguntar às pessoas suas opiniões sobre o que vai bem ou mal no ambiente da organização. Expectativas das pessoas são levantadas e, se não for para atendê-las, mesmo que parcialmente, corre-se o risco de aumentar ainda mais a insatisfação identificada.

 

Não há um conjunto universal ou genérico de dimensões de Clima, embora muitas delas possam ser comuns a várias organizações. Para complicar ainda mais, embora a dimensão seja a mesma, como, por exemplo, filosofia de gestão ou política de comunicação, a tradução de cada uma é totalmente específica no âmbito de cada organização. Outro cuidado é procurar avaliar o Clima Organizacional utilizando-se de um instrumento de pesquisa - o questionário de Clima - devidamente validado, ou seja, capaz de efetivamente mensurar as dimensões consideradas formadoras do Clima na empresa.

 

Nos estudos de Clima, são mais frequentemente incluídas as seguintes dimensões: comunicação, integração entre as diferentes áreas funcionais, estilo de gerência, políticas de gestão de pessoas (principalmente salários, benefícios e carreira), modelo de gestão adotado pela organização, natureza do trabalho realizado, relacionamento interpessoal e grau de identificação com a organização.

 

O emprego sistemático de pesquisa de Clima Organizacional proporciona também a participação dos empregados no processo de gestão da empresa. Em uma segunda etapa, as causas dos problemas levantados podem ser igualmente investigadas, gerando não só aprendizado, mas também compromisso e compreensão a respeito das principais dificuldades na organização.

 

 Fonte:  http://www.rh.com.br/Portal/Geral/Blog_Alberto_Ruggiero/5451/por-que-e-importante-conhecer-o-clima-organizacional-da-empresa.html


Copyright 2011-2012 - Todos os Direitos Reservados - Images by Free Digital Photos