Voltar a Notícias

.......

Folpag - Consultoria em RH - Cargos e Salários - Avaliação de Desempenho - Pesquisa de Clima - Estratégia em RH - Treinamentos - Pesquisa Salarial - Plano de Carreira - Auditoria de Folha

As novas tecnologias a favor do RH

 

Autor: Marcela Alves

 

 

 

Novas tecnologias disponíveis no mercado prometem ajudar os profissionais de Recursos Humanos a realizarem, de forma mais eficaz, uma boa gestão de pessoas, unindo talentos e resultados financeiros.

 

Em um mercado cada dia mais competitivo, as empresas estão investindo mais no desenvolvimento de seus colaboradores. Afinal, já está mais do que comprovado que ter pessoas comprometidas com a corporação e o produto ou serviço oferecido por ela é fundamental para alcançar êxito em qualquer área de atuação.

 

Por isso, mais do que nunca, hoje a área de RH é vista como estratégica para potencializar o desempenho dos negócios – mantendo funcionários motivados, produtivos e gerando resultados, o departamento é um parceiro importante para que a empresa conquiste melhores resultados.

 

Assim, a equipe de RH precisa adotar estratégias certeiras que auxiliem no desenvolvimento de colaboradores que já fazem parte da empresa e, também, na seleção de profissionais com o perfil mais adequado para determinada empresa.

 

Como ter a pessoa certa no lugar certo?

 

Além da aplicação de testes, dinâmicas e etapas de entrevistas, o mapeamento do perfil comportamental já faz parte dos processos de seleção de muitas empresas. Ele contribui para a formação do quadro de funcionários e evita erros de contratação que podem custar caro para as empresas.

 

“Segundo pesquisas, de cada cinco demissões, três têm razões comportamentais. Hoje o mapeamento comportamental é a forma mais rápida e segura para melhorar a produtividade dos colaboradores, porque coloca a pessoa certa para exercer a função certa”, explica Mônica Hauck, CEO e fundadora da Solides, empresa especialista em mapeamento do comportamento humano.

 

Estas ferramentas, segundo Mônica, podem ajudar a diminuir dois dos problemas mais críticos do país em relação ao mercado de trabalho: a rotatividade e a baixa produtividade. “Com a análise comportamental, é possível saber o que motiva e o que afasta o profissional, como ele reage sob pressão, qual seu estilo de liderança e flexibilidade, como trabalha em equipe e toma decisões e quais as competências desenvolvidas e as que estão para se desenvolver”, conta.

 

E não são apenas as empresas que ganham com uma seleção bem-feita e contratações assertivas. Os colaboradores também. “Quando uma pessoa trabalha sob uma gestão comportamental, todo o seu potencial pode se transformar em resultado e os índices de satisfação e retenção sobem por uma questão muito simples: ela começa a sentir que está crescendo e entregando o seu melhor. Esta é uma das maneiras mais consistentes de trazer motivação e felicidade para o ambiente de trabalho”, completa Mônica.

 

Fonte: Carreira&Sucesso

http://www.catho.com.br/carreira-sucesso/gestao-rh/ferramentas-eficazes-de-rh?sc_source=b2b:newsletter&sc_medium=2015-07-16&sc_campaign=b2b:cathomedisse:sme&sc_content=materia2&utm_source=b2b:newsletter&utm_medium=2015-07-16&utm_campaign=b2b:cathomedisse:sme&utm_content=materia2


Copyright 2011-2012 - Todos os Direitos Reservados - Images by Free Digital Photos